site de poesias coligidas de
F E R N A N D O   P E S S O A
http://www.fpessoa.com.ar

<<Voltar-Volver>>


Passa Uma Borboleta
Passa uma borboleta por diante de mim
E pela primeira vez no Universo eu reparo
Que as borboletas não têm cor nem movimento,
Assim como as flores não têm perfume nem cor.
A cor é que tem cor nas asas da borboleta,
No movimento da borboleta o movimento é que se move,
O perfume é que tem perfume no perfume da flor.
A borboleta é apenas borboleta
E a flor é apenas flor.
Pasa una mariposa por delante de mí
Y por primera vez en el Universo yo reparo
En que las mariposas no tienen color ni movimiento,
Así como las flores no tienen perfume ni color.
El color es quien tiene color en las alas de la mariposa,
En el movimiento de la mariposa el movimiento es lo que se mueve,
El perfume es quien tiene perfume en el perfume de la flor.
La mariposa es apenas mariposa
Y la flor es apenas flor.
O Guardador De Rebanhos
Alberto Caeiro
07-05-1914

©2004-12-27 by Sebastián Santisi, all rights reserved.


<<Voltar-Volver>>


la-nutria.com.ar